Agradeço a vossa visita, por fazer parte da minha história ... por bailar comigo!




quarta-feira, 16 de novembro de 2005



Se todas as lágrimas do mundo fossem suficientes para derramar a dor da minha incapacidade, eu as derramaria. Mas elas não podem mudar o que não encontra em mim forças para fazer. E eu não vou chorar, apenas vou sentar e contemplar a imagem da felicidade, que se desenha em minha mente com a teimosia de quem tem na vida a porta da alegria. Só preciso descobrir onde deixei a chave...

3 comentários:

Anônimo disse...

A CHAVE ESTÁ BEM A NOSSA CARA, É SÓ UMA QUESTÃO DE TEMPO PARA DESCOBRIRMOS QUE TUDO ESTÁ EM NOSSA VOLTA TEM O SEU DEVIDO VALOR!

Anônimo disse...

simples, peculiar, divino. Parabéns

grilo falante disse...

O escravo ambiciona a carta de alforria.
Atirar-se de um precipício e começar a voar.